Share |

Guimarães 2013 custa 1 milhão de euros

Imagem: Guimarães TV

Guimarães é a partir desta quarta-feira formalmente uma das nove cidades que detêm o estatuto de Cidade Europeia do Desporto 2013, a par de Cremona, Modena, Alba e Reggio Calabria (Itália); Lorca, Castelldefels e Estepona (Espanha); e Lisburn (Reino Unido).

A cerimónia da entrega da bandeira, que coloca a cidade portuguesa na primeira linha da promoção da atividade desportiva como forma de melhorar o bem-estar dos seus habitantes, decorreu no Parlamento Europeu, em Bruxelas, e teve como protagonistas Gian Lupatteli, presidente da Associação das Capitais Europeias do Desporto, e Amadeu Portilha, vereador do Desporto da Câmara Municipal de Guimarães.

"Somos uma cidade profundamente apaixonada pelo desporto, de extraordinários clubes, fantásticos atletas, e a partir de agora assumimos a responsabilidade desta organização, com a qual queremos mostrar ao Mundo que podemos estar ao nível da excelência, como já o fizemos com a capital europeia da cultura", declarou o autarca vimaranense.

Com um orçamento de 1 milhão de euros, metade do qual será suportado pela CM Guimaraes, o objetivo da Comissão Executiva presidida por Amadeu Portilha passa por generalizar a prática desportiva na cidade, onde 4 em cada 10 habitantes faz pelo menos uma modalidade.

Ao longo de 2013, em Guimarães realizar-se-á um conjunto de 52 eventos, mas a programação, que terá início a 19 de janeiro, ainda não está fechada.

Entre a comitiva portuguesa presente na capital belga estiveram os antigos futebolistas do V. Guimarães e embaixadores da Cidade Europeia do Desporto, Pedro Mendes e Neno.

Via: Record