Share |

Bloco quer investimento em habitação no orçamento para Guimarães

O Bloco de Esquerda apresentou, na tarde desta segunda-feira, as suas propostas para o plano e orçamento do Município de Guimarães para o ano de 2019. Habitação, Mobilidade, Ambiente e Cultura são as prioridades.

Em declarações à imprensa, Sónia Ribeiro destacou a necessidade urgente de aumentar o parque habitacional, propondo “programa de revitalização e construção de prédios e o seu arrendamento a preços controlados”.

A deputada municipal do Bloco de Esquerda propõe um “plano de mobilidade que privilegie os transportes públicos coletivos”, pelo que defende a municipalização dos TUG, para “oferecer um serviço pensado para promover a coesão territorial”, incluindo transporte escolar “exclusivo para estudantes e com acompanhamento”.

Sónia Ribeiro criticou a existência de um plano de despoluição dos cursos de água “assente no cidadão polícia” e gostaria de um plano conjunto com os municípios vizinhos e a administração central que efetivamente funcione, lamentando os recentes episódios de poluição.

Os bloquistas propõem ainda a constituição de um júri representativo da comunidade artística, para avaliação dos apoios a atribuir aos projetos, e um portal online com divulgação de todas as despesas do município.