Share |

Bloco de Esquerda defende cedência de espaço municipal ao grupo ‘Ajudar o próximo Guimarães’

Os candidatos do Bloco de Esquerda à Câmara e Assembleia Municipal, Luis Lisboa e Sónia Ribeiro, estiveram, este sábado, em campanha no concelho. Durante a manhã, reuniram com o grupo informal ‘Ajudar o próximo Guimarães’, criado no primeiro confinamento para prestar apoio a situações de emergência social e que agora está confrontado com a urgência para encontrar um novo espaço.

Atualmente, ocupam um espaço no Estádio D. Afonso Henriques, cedido pelo Vitória Sport Club por não haver público a assistir aos jogos, que terá de ser libertado com o início da nova época. Por isso, os candidatos do Bloco de Esquerda defendem que a Câmara Municipal deveria “alugar um espaço municipal por um valor simbólico, uma vez que não é possível ceder gratuitamente por não serem uma associação formal”.

Luis Lisboa salientou que este é um “exemplo de cidadania e de organização coletiva que não deixa ninguém para trás”, sendo um grupo que “resiste à burocratização” e que lhes permite “chegar mais rápido às pessoas do que as outras entidades”.

“Este último ano, apoiou mais de 600 famílias com alimentação, roupa e brinquedos. É um trabalho meritório que não podemos ficar indiferentes, pelo que cabe ao município ajudar a encontrar uma solução”, afirmou Luís Lisboa.

Da parte da tarde, os candidatos participaram na primeira Reunião Aberta, na União de Freguesias da cidade (Oliveira do Castelo, S. Paio e S. Sebastião). “O Bloco de Esquerda pretende construir o programa com base na participação coletiva, pelo que será sempre um princípio ouvir as pessoas, as suas dúvidas e reivindicações”, referiu Sónia Ribeiro no encontro, que será replicado noutras freguesias do concelho.